Arquivo para fevereiro, 2008

Jan Van Ruysbroeck

Posted in Formação on 28/02/2008 by Juliana

 

 

 

                                                    

 

“Enquanto vivemos nas sombras não podemos ver o próprio sol, pois como disse São Paulo enxergamos obscuramente através de um espelho. Mesmo assim a sombra é iluminada pelo sol de modo a percebermos as distinções entre todas as virtudes e toda a verdade que são de valor para nossa condição mortal. Mas se havemos de nos tornar unos com a luz do sol devemos seguir o amor e esquecer de nós mesmos no “Sem-Caminho”, e então o sol atrairá a nós, com nossos olhos cegos, para dentro de seu fulgor, onde possuiremos a unidade com Deus… Em Sua benevolência Ele quer ser todo nosso: então Ele nos ensina a viver nas riquezas das virtudes. Em Seu toque interno todos os nossos poderes nos abandonam, e então sentamos sob Sua sombra, e Seu fruto é doce para nossos sentidos, pois o fruto de Deus é o Filho de Deus, a Quem o Pai faz nascer em nosso espírito. Este Fruto é tão infinitamente doce aos nossos sentidos que não podemos nem engolí-lo e nem assimilá-lo, mas antes é Ele quem nos absorve em Si mesmo e nos assimila em Si mesmo”.

A Pedra Faiscante, XI

Anúncios

O Valor da Santa Missa

Posted in Formação on 26/02/2008 by Juliana

– Na hora da morte, as Santas Missas que tiverdes ouvido devotamente serão vossa maior consolação.

– Deus vos perdoa todos os pecados veniais que estais determinados a evitar. Ele vos perdoa todos os vossos pecados desconhecidos que jamais confessareis. O poder de Satanás sobre vós é diminuído.

– Cada Missa irá convosco ao Julgamento e implorará por perdão para vós.

– Por cada Missa tendes diminuída a punição temporal devida a vossos pecados, mais ou menos, de acordo com vosso fervor.

– Assistindo devotamente à Santa Missa, rendeis a maior homenagem possível à Sagrada Humanidade de Nosso Senhor.

– Através do Santo Sacrifício, Nosso Senhor Jesus Cristo repara por muitas de vossas negligências e omissões.

– Ouvindo piedosamente a Santa Missa, ofereceis às Almas do Purgatório o maior alívio possível.

– Uma Santa Missa ouvida durante vossa vida será de maior benefício a vós do que muitas ouvidas por vós após vossa morte.

– Através da Santa Missa, sois preservados de muitos perigos e infortúnios, que de outra forma cairiam sobre vós. Vós encurtais vosso Purgatório a cada Missa.

– Durante a Santa Missa, vós ajoelhais entre uma multidão de santos Anjos, que estão presentes ao Adorável Sacrifício com reverente temor.

– Pela Santa Missa sois abençoados em vossos bens e empreendimentos temporais.

– Quando ouvis a Santa Missa devotamente, oferecendo-a ao Deus Todo-Poderoso em honra de qualquer Santo ou Anjo em particular, agradecendo a Deus pelos favores dispensados nele, etc., etc., vós conseguis para aquele Santo ou Anjo um novo grau de honra, alegria e felicidade, e dirigis seu amor e proteção especiais para vós.

– Toda vez que assistis a Santa Missa, entre outras intenções, deveis oferecê-la em honra do Santo do dia.

(da obra O Tremendo Valor da Santa Missa, de São Leonardo de Porto Maurício )

Paz Inefável

Posted in Formação on 18/02/2008 by Juliana

Desde o instante da Encarnação,             glcn0000470006151.jpg 
Diz-me como passaste pela terra
Abismada em adoração.
Numa paz toda inefável,
Num silêncio misterioso,
Tu penetraste o Ser insondável,
Levando em ti “o dom de Deus”.

Sob o divino amplexo
Oh! Guarda-me sempre,
Que eu leve sempre impressa
Deste Deus todo Amor:
“Amo Christum”.

Beata Elisabete da Trindade

VIA SACRA

Posted in Formação on 15/02/2008 by Juliana

Oração da Via Sacra

1ª Estação: Jesus é sentenciado à morte.

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Sentenciado e não por um tribunal, mas sim por todos e por nossos pecados. Condenado pelos mesmos que vos tinham aclamado pouco antes. E Ele cala… Nós fugimos de ser reprovados. E saltamos imediatamente…

Daí-me, Senhor, vos imitar, me unindo a Ti pelo Silêncio quando alguém me faça sofrer ou me condene injustamente. Eu o mereço. Ajudai-me! Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…  

2ª Estação: Jesus carrega a cruz

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Que eu compreenda, Senhor, o valor da cruz, de minhas pequenas cruzes de cada dia, de meus achaques, de minhas doenças, de minha solidão. Que eu não desanime, mas tome a minha cruz de cada dia e te siga, faça dela um instrumento de salvação.

Daí-me converter em oferta amorosa, em reparação por minha vida e no apostolado por  meus irmãos, minha cruz de cada dia. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

3ª Estação: Jesus cai, pela primeira vez, com o peso da cruz.

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Tu cais Senhor, para me redimir. Para me ajudar a me levantar em minhas quedas diárias, quando depois de ter me proposto a ser fiel, volto a reincidir em meus pecados e defeitos cotidianos.

Ajuda-me a levantar-me sempre e a seguir meu caminho a Ti! Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

4ª Estação: Encontro com a Virgem Maria

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Faz Senhor, com que eu me encontre ao lado de tua Mãe em todos os momentos de minha vida. Com ela, apoiando-me em seu carinho maternal, tenho a segurança de chegar a Ti no ultimo dia de minha existência.

Ajuda-me Mãe! Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

5ª Estação: O Cirineu ajuda o Senhor a carregar a Cruz

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Cada um de nós tem nossa vocação, viemos ao mundo para algo concreto, para nos realizarmos de uma maneira particular. Qual é a minha vocação e como eu a vivo? Mas, há algo, Senhor, que é minha missão e de todos: a de ser Cirineu dos demais, a de ajudar a todos.

Como levo adiante a realização de minha missão de Cirineu? Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

6ª Estação: Verônica enxuga o rosto de Jesus

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. É a mulher valente, decidida, que se aproxima de Ti quando todos te abandonam. Eu, Senhor, te abandono quando me deixo levar por ele “que dirão”, do respeito humano, quando não me atrevo a defender o próximo ausente, quando não me atrevo a replicar uma brincadeira que ridiculariza aos que tratam de aproximar-se de Ti. E em tantas outras ocasiões.

Ajuda-me a não me deixar levar pelo respeito humano, pelo “o que dirão”. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

7ª Estação: Segunda queda no caminho da Cruz

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Cais, Senhor, pela segunda vez. A Via Sacra nos indica três quedas em teu caminhar até o Calvário. Talvez foram mais. Cais diante de todos… Quando aprenderei a não temer ficar mal diante dos demais, por um erro, pelo orgulho, por um equívoco? Quando aprenderei que também isso pode se converter em oferenda?

Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

8ª Estação: Jesus consola as filhas de Jerusalém

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Muitas vezes, teria eu que analisar a causa de minhas lágrimas. Ao menos, de meus pesares, de minhas preocupações. Talvez haja neles um fundo de orgulho, de amor próprio mal entendido, de egoísmo, de inveja. Deveria chorar por minha falta de correspondência a teus inúmeros benefícios de cada dia, que me manifestam Senhor, quanto me queres.

Daí-me profunda gratidão e correspondência a tua misericórdia. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

9ª Estação: Jesus cai pela terceira vez

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Terceira queda. Mais perto da Cruz. Mais esgotado, mais falta de forças. Cais desfalecido, Senhor.Eu digo que me pesam os anos, que não sou o mesmo de antes, que me sinto incapaz.

Daí-me, Senhor, imitar-te nesta terceira queda e faz com que meu desfalecimento seja benéfico para outros, porque eu os dou a Ti para eles. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

10ª Estação: Jesus é despojado de suas vestes

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Arrancam tuas vestes, aderidas a Ti pelo sangue de tuas feridas. A infinita distância de tua dor, eu senti, às vezes, como algo que arrancava dolorosamente de mim pela perda de meus seres queridos.

Que eu saiba oferecer a lembrança das separações que me desgarraram, unindo-me a tua paixão a consolar aos que sofrem, fugindo de meu próprio egoísmo. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

11ª Estação: Jesus é pregado na Cruz

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Senhor, que eu diminua minhas limitações com meu esforço e assim possa ajudar a meus irmãos. Quero pregar na cruz contigo todos os meus pecados, o meu homem velho, meus vícios, egoísmos e auto-suficiências…

E que quando meu esforço não consiga diminuí-las, me esforce em oferecê-las  também por eles. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

12ª Estação: Jesus morre na Cruz

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Eu te adoro,  meu Senhor, morto na Cruz para me salvar.  Adoro e beijo suas chagas, as feridas dos cravos, o golpe de lança no lado, de onde jorrou sangue e àgua fonte de misericória para nós… Obrigado Senhor, obrigado! Morreste para me  salvar, para salvar a todos nós e nos dar a vida em plenitude.

Daí-me responder a teu amor com amor, cumprir a tua Vontade, trabalhar por minha salvação, ajudado por tua graça. E daí-me trabalhar com afinco pela salvação de meus irmãos e pela defesa da vida. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

13ª Estação: Jesus nos braços de sua mãe

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Deixa-me estar a teu lado, Mãe, especialmente  nestes momentos de tua incomparável dor. Deixa-me estar a teu lado. Mais te peço: que hoje e sempre me tenhas perto de Ti e te compadeças de mim. Nos momentos de dor e sofrimento ponha-me no teu colo.

Olhai-me com compaixão, não me deixes ó minha Mãe! Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

14ª Estação: Jesus é depositado no Sepulcro.

Nós vos adoramos Senhor, e vos bendizemos, porque por vossa Santa Cruz  remistes o mundo. Tudo está terminado. Mas não: depois da morte, a Ressurreição. Ensina-me a ver tudo o que passa, o transitório e passageiro, à luz do que não passa. E que essa luz ilumine todos meus atos. Que eu nunca perca a esperança, pois o amor é mais forte do que a morte!

Coloco no sepulcro vazio todos os meus pecados e o homem velho. Assim seja. Pequei Senhor, tem piedade e misericórdia de mim.

Pai Nossa Ave Maria e Glória…

Oração Final Eu te suplico Senhor, que me concedas,
por intercessão de tua Mãe a Virgem Maria,
que cada vez que medite tua Paixão,
fique gravado em mim
com marca de atualidade constante,
o que Tu fizeste por mim
e teus constantes benefícios.
Faz Senhor, que me acompanhe,
durante toda minha vida,
um agradecimento imenso a tua Bondade. Amém

“Olhe pra Cruz essa é a minha grande prova: Ninguém te ama como Eu!”.

Quaresma, Tempo de conversão

Posted in Formação on 14/02/2008 by Juliana

      Como diz o Padre na quarta feira de cinzas, que inicía a quaresma, “Convertei-vos e Crede no evangelho”.

jesus_cruz_sol1.jpg      É tempo de conversão, de mudança, de caminhar-mos lado a lado com Jesus no calvário, onde se renova o sacrifício da cruz, o cordeiro  imolado por nossos pecados.

     É tempo de chorar nossas faltas mais do que nunca! Quantas vezes Jesus caiu até Gólgota? Era o peso dos nossos pecados nas suas costas que o fizeram cair, mas todas as vezes Ele levantou, e seguiu em frente, para que também nós a seu exemplo pudessemos levantar e seguir em frente!

    Então levantemos, mas com o firme propósito de não mais ofender a Jesus, de não colocar mais peso a sua cruz! “Convertei-vos e Crede no Evangelho”.

        Somos pó, viemos do pó e ao pó voltaremos, é preciso construir aqui o início do que será nossa eternidade, o céu! Isso será possivel se tomarmos consciência de nossa pequenez, e da grandeza de Deus e do seu amor.

      Mesmo sendo Deus se fez homem, e sendo Homem se fez fraco com os fracos, quiz precisar  de nós para a nossa salvação! Assim como Simão de Cirineu o ajudou a carregar a cruz, hoje é à você que Ele pede ajuda, Ele quiz precisar de ti! São os teus pecados, os meus pecados, os pecados da humanidade inteira nos ombros de um único Homem! Ajude-o, não negues ajuda ao Salvador!

“Convertei-vos e Crede no Evangelho”