Arquivo para março, 2008

CRISTO RESSUSCITOU VERDADEIRAMENTE ALELUIA!!!

Posted in oração on 26/03/2008 by Juliana
jesus_ressureicao.jpg
             Vejo a fragilidade dos discípulos que caminhavam para emaús, tristes, abatidos, pois haviam crucificado o mestre, era já o 3 dia,  sabiam o que dizia a escritura a respeito, mas eles ainda não o tinham visto, Madalena testemunhara que vira o anjo, mas não era Jesus, e a tristeza ofuscava o seus corações.
             Jesus caminhava com eles, mas não o perceberam, seus corações abrasavam enquanto o “forasteiro” lhes falava das escrituras, mas a tristeza de terem perdido o mestre, ainda os mantinha cegos.
                    Seus sonhos, esperanças, tudo se ofusco com a morte do Mestre, mas a centelha do amor pregado por Cristo, ainda permanecia em seus corações.
               A tarde vai declinando, eles chegam a aldeia, e convidam Jesus para passar com eles a noite: “ Fica conosco, já é tarde e já declina o dia”.Quando Jesus sentou-se com eles e partiu o pão, eis a surpresa dos discípulos, a venda de seus olhos foram ao chão, eles o reconheceram!Era o Mestre! Imagino, tamanha foi a alegria deles, Jesus estava vivo, como falava as escrituras, e agora tudo fazia sentido, o fogo que abrasava seus corações enquanto lhes falava das escrituras!É o Mestre, e Ele vive, Aleluia!!!
                  Seus corações deviam estar acelerados, aponto de na mesma hora saírem correndo para Jerusalém, para avisar os outros. E mais uma surpresa, chegando em Jerusalém o Mestre havia aparecido também à Pedro!
                Assim sou eu, no início a visão é turva, mas com tantos testemunhos, não há como não crer, é Jesus, é o Mestre e vive!
              Primeiro foi Madalena! De madrugada, chorosa, no escuro, lamentando-se pelo Mestre que sumira do túmulo! – “Mulher, porque procuras entre os mortos aquele que vive!!”Ah o som da sua voz falando seu nome: Maria! Tamanha a alegria – Senhor és tu??
                  Sim é Jesus, e vive!!
Ah os discípulos de Emaús, abatidos, de certo que só pensavam na tragédia, não se atinham nos pequenos detalhes, as pequenas coisas, e qual foi a surpresa, o estranho que caminhava com eles era na verdade o Mestre, Jesus!!!Jesus vive, e caminha conosco, como caminhava com os discípulos, Ele nunca nos deixou.
                É preciso que tenhamos os olhos do coração, da fé, abertos, vigilantes, pois como aconteceu com os discípulos de serem surpreendidos, pode acontecer conosco.
      Às vezes me sinto como os discípulos de Emaús na caminhada, sozinha, mas um lampejo de luz, reaviva o caminho, mesmo que eu não O veja, Madalena testemunhou, os discípulos de Emaús, Pedro, discipulos.jpgtestemunharam!
                Pelos olhos da fé, da esperança, pela Santíssima Eucaristia no altar, meu coração testemunha e minha alma grita: Cristo Ressuscitou Verdadeiramente, Aleluia!!!

“Como podeis Crer, se não buscais a glória de Deus?” Jo 5, 47

Posted in oração on 06/03/2008 by Juliana

maria2.jpg           Crer com a vida, não somente com a boca, mas com as obras!

           Que minhas obras, mais que minhas palavras dêem testemunho de Cristo.

          “Como podeis crer, se não buscais a glória de Deus?”

    E esta glória onde está? Está na cruz que Cristo carregou por mim, por me amar tanto.

    O Esposo que se imolou por amor de mim, do reino de Deus!

Ah! O caminho para o reino é este! Onde tomo a cruz a exemplo de Cristo, caminho pelo calvário que é este exilio lado a lado com Jesus, imolo-me na cruz com Cristo!

   O que é essa cruz? É morrer para as coisas deste mundo carnal, pois quem é da carne, vive pela carne, mas quem é do Espírito, este vive pelo Espírito.

   Imolo com Jesus minha vontade, pois a única vontade que é boa para mim é a de Deus. E assim busco dar glória a Deus, como Cristo, o servo não é maior que o Senhor, se Ele veio para servir, também eu devo me por a serviço!

   A serviço do Reino como Cristo, dando testemunho da verdade que é Jesus Cristo, e assim sigo esperançosa, acreditando que ainda que indigna, a misericórdia de Deus supera a minha culpa porque vê o meu coração, e assim um dia poderei com a graça de Deus participar da sua Glória que não é neste mundo mas na vida eterna, e cantar junto com o coro dos anjos e santos o Sanctus eterno!

 

“Se creres, verás a Glória de Deus”

Por isso senhor, dai-me um coração igual ao vosso, na pureza e humildade, não permita que eu ensoberbeça, pois que tudo que tenho é dádiva tua e nada é mérito meu, se os possuo é por bondade Vossa!

Amém

 

 

 

 

NOITE ESCURA

Posted in Formação on 03/03/2008 by Juliana

São João da Cruz

Em uma Noite escura,
com ânsias em amores inflamada,
ó ditosa ventura!,
saí sem ser notada.
estando minha casa sossegada.

A ocultas, e segura,
pela secreta escada, disfarçada,
ó ditosa ventura!,
a ocultas, embuçada,
estando minha casa sossegada.

Em uma Noite ditosa,
tão em segredo que ninguém me via,
nem eu nenhuma cousa,
sem outra luz e guia
senão aquela que em meu seio ardia.
Só ela me guiava,
mais certa do que a luz do meio-dia,
adonde me esperava
quem eu mui bem sabia,
em parte onde ninguém aparecia.

Ó Noite que guiaste!,
ó Noite amável mais do que a alvorada!,
ó Noite que juntaste
Amado com amada,
amada nesse Amado transformada!

No meu peito florido,
que inteiro para ele se guardava,
quedou adormecido
do prazer que eu lhe dava,
e a brisa no alto cedro suspirava.

Da torre a brisa amena,
quando eu a seus cabelos revolvia,
com fina mão serena
a meu colo feria,
e todos meus sentidos suspendia.

Quedei-me e me olvidei,
e o rosto reclinei sobre o do Amado:
tudo cessou, me dei,
deixando meu cuidado
por entre as açucenas olvidado.