Imitação de Cristo – LV I

Capítulo I – Reflexões

                       Não temos neste mundo senão um só interesse, o da nossa salvação, e ninguém pode salvar-se senão em Jesus Cristo e por Jesus Cristo; a fé em sua palavra, obediência a seus mandamentos, a imitação de suas virtudes, eis a vida do verdadeiro cristão, não há outra; tudo o mais é vaidade. “Tenho visto, diz o Sábio, que ao homem nada fica de todos os trabalhos com que se consome debaixo do sol” (Ecl 1,3).

                     Riquezas, prazeres, honras, que é tudo isso quando se lança o corpo na sepultura, e a alma vai para a sua eternidade?

                   Pensa nisto seriamente desde hoje, porque amanhã talvez já seja tarde! Trabalha enquanto é dia, antes que chegue a noite eterna! Entesoura riquezas que nem perecem nem os ladrões roubam.

                      Estéreis desejos não te salvarão: Deus só quer obras. Imita, pois, a Jesus, se queres fazer obras que agradem a Deus, e te mereçam viver eternamente com Jesus. No estudo de sua vida aprenderás de quão pouca valia são palavras e doutrinas bem ditas sem prática de boas obras.

                       Dai-me, Deus meu, o santo propósito de imitar vosso divino Filho e meu Senhor Jesus Cristo; purificai minha intenção conforme o desejo que me dais, de maneira que todo eu de dentro e de fora só a vós olhe, a vós contente, a vós ame, por vós suspire e em vós descanse.

PAX 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: