Arquivo para fevereiro, 2010

Não podemos ser omissos!!

Posted in Formação on 10/02/2010 by Juliana

Estava olhando o perfil de algumas pessoas na internet, e deparei-me com  muitas contradições! Vi em certo perfil, uma pessoa dizer: “Sou católica”! Porém quando fui ver os livros que ela gosta de ler estava lá: “Todos da Zíbia Gaspareto”!!! E nesse ponto, perguntei-me, que tipo de católico é esse, que se diz católico e lê livros espíritas, católico não é espírita, são duas religiões contrárias, uma prega a ressurreição e a outra a reencarnação. Não como conciliar as duas!!! Que tipo de católico é esse que não conhece a Doutrina da sua Igreja?!

                    Nesse momento me veio uma grande dor no coração, pois percebi que muitos agem dessa forma! Se dizem católicos porque foram batizados, talvez tenha feito a primeira Eucaristia, talvez a Crisma, mas não vivem como tal, desconhecem o que a Igreja prega.

                    Tive nesse instante aquela vontade de reparar o Coração de Jesus, de expiar os pecados, meus e do mundo, pois entendi como somos fracos, contraditórios, como dizemos uma coisa e fazemos outra, como pecamos.

                  Nós que realmente somos católicos, que tentamos viver corretamente, ainda que com nossas limitações e fraquezas, mas que tentamos viver de acordo com a Doutrina da Igreja, não podemos ser omissos quando nos deparamos com essas situações, pois quando nos omitimos pecamos por omissão, somos co-autor do pecado de outro.

                É preciso que ao vermos alguém  agindo na ignorância, tenhamos a coragem de esclarecer para eles o que é certo e o que é errado na nossa Igreja, e para isso é preciso que conheçamos a nossa Doutrina.

                 Não podemos mais sermos Cristãos mornos, que acham que quase nada é pecado, não! Como diz Padre Pio, se olharmos o mundo em volta, com atenção, perceberemos que quase “tudo é pecado”! E não podemos ser coniventes.

                    Então você que é católico, te convido hoje a ser um católico verdadeiro, que conhece e estuda a Doutrina da Igreja, e que não se omite ao ver um irmão pecar por ignorância.

                    Quando nos omitimos, o nosso pecado se torna por vezes, maior que o dá pessoa que pecou por ignorância.

                   Seja um Católico Verdadeiro, conheça a Doutrina da Igreja Católica, ensine, faça a sua parte!

Pense Nisso

“Quem se omite ao ver um irmão pecar por ignorância acaba pecando por omissão”

PAX

Imitação De Cristo LV I – Capitulo II

Posted in Formação on 04/02/2010 by Juliana

Do humilde Sentir de si mesmo – Reflexões

              A soberba derribou o homem, a humildade só pode levantá-lo e restabelece-lo em graça com Deus. Seu mérito não está no que ele faz. A ciência sem as obras, não o justificará no tribunal supremo, antes agravará sua sentença.

             Não deixa a ciência de ter suas vantagens, pois que vem de Deus; mas esconde ela um grande laço e uma grande tentação:” A ciência incha”, diz São Paulo; ela alimenta a soberba, inspira uma secreta preferência de si próprio, preferencia criminosa e, ao mesmo tempo, louca, porque a mais vasta ciência não é mais que um outro gênero de ignorância, e a verdadeira perfeição consite unicamente nas disposições do coração.

                     Não esqueçamos nunca que somos nada e nada possuímos de próprio senão o pecado, que a justiça quer que nos abaixemos entre tôdas as criaturas, e que, no reino de Jesus Cristo, “os primeiros serão os ultimos e os ultimos serão os primeiros” (Mt 19,30).

                        Oh! meu Deus, quantas vezes amigo de mim e esquecido de vós, me esvaeço com os fumos do mundo! Dai-me, Senhor, o verdadeiro espírito de humildade, a fim de que sendo, no mundo, o último dos homens, possa entrar com os primeiros no reino de vosso divino Filho no céu. Amém.

Imitação de Cristo – LV I

Posted in Formação on 02/02/2010 by Juliana

Capítulo I – Reflexões

                       Não temos neste mundo senão um só interesse, o da nossa salvação, e ninguém pode salvar-se senão em Jesus Cristo e por Jesus Cristo; a fé em sua palavra, obediência a seus mandamentos, a imitação de suas virtudes, eis a vida do verdadeiro cristão, não há outra; tudo o mais é vaidade. “Tenho visto, diz o Sábio, que ao homem nada fica de todos os trabalhos com que se consome debaixo do sol” (Ecl 1,3).

                     Riquezas, prazeres, honras, que é tudo isso quando se lança o corpo na sepultura, e a alma vai para a sua eternidade?

                   Pensa nisto seriamente desde hoje, porque amanhã talvez já seja tarde! Trabalha enquanto é dia, antes que chegue a noite eterna! Entesoura riquezas que nem perecem nem os ladrões roubam.

                      Estéreis desejos não te salvarão: Deus só quer obras. Imita, pois, a Jesus, se queres fazer obras que agradem a Deus, e te mereçam viver eternamente com Jesus. No estudo de sua vida aprenderás de quão pouca valia são palavras e doutrinas bem ditas sem prática de boas obras.

                       Dai-me, Deus meu, o santo propósito de imitar vosso divino Filho e meu Senhor Jesus Cristo; purificai minha intenção conforme o desejo que me dais, de maneira que todo eu de dentro e de fora só a vós olhe, a vós contente, a vós ame, por vós suspire e em vós descanse.

PAX