Será que vale o preço da dor?

               escolhas                                                                                                    Estava observando algumas coisas, nos jornais, na TV, nas ruas! As escolhas que muitas pessoas fazem, incluindo eu, algumas vezes, e comecei a perceber que a grande maioria das pessoas hoje, buscam o prazer imediato, a geração comandada pelo ID, só importa o hoje, o prazer de agora, o amanhã não importa muito, ninguém mais pensa nas consequencias dos atos que cometemos hoje, o que pode vir a se tornar amanhã.

                É incrível como a busca pelo prazer imediato supera o arrependimento tardio, o medo, a dor. As pessoas não param mais para pensar no sentido que estão dando às suas vidas, acabam numa busca sem sentido, indo para lugar algum, é a era do hedonismo! Esquecem que, queiramos nós ou não, somos regidos por leis, leis dos homens, leis de Deus, leis do universo, e uma delas é que “Para toda ação existe uma reação” !

                   Esquecemos que nem tudo que dá prazer no momento presente é benéfico para nossa vida, nossa saúde, nosso corpo, enfim, nossa alma.

                  Hoje, para todos os lados que olharmos, veremos anúncios, propagandas, vendem-nos “veneno” e nós compramos e tomamos, muitas vezes sem nos darmos conta, simplesmente porque enquanto temos saúde e dispomos da nossa liberdade, parece prazeroso!

                 Pois é, nosso corpo, saúde, mente, que o digam daqui um tempo. Não pensamos que desde o momento em que nascemos já estamos “morrendo”, há algumas escolhas que podemos fazer para “adiantar” a morte, nos proporcionar com o tempo, maior ou menor sofrimento, tudo é fruto de nossas escolhas hoje, mas as conseqüências nunca vem na hora, sempre mais tarde.

 Será que o prazer do momento, vatristeza-thumble o preço da dor?

 Será que o prazer

 de um cigarro,

 vale um cancer?

 Muitas pessoas

 acreditam que

 sim, algumas

 acham que são

 imunes, outras

 preferem pagar

 pra ver.

             

           Pense bem, e não esqueça que apesar de termos liberdade de escolha, a partir do momento que fixamos o olhar num “anúncio” que nos oferece prazer momentaneo, seja ele qual for, já estamos sendo manipulados, e aí já não há mais liberdade, há fraqueza. Porque muitas vezes somos contra, mas cedemos à tentação do anúncio!

               Por hoje essa é a mensagem:

“Será que o prazer vale o preço da dor? “

Para onde caminhas? Qual o sentido da tua vida? Não esqueça que do mesmo jeito que nasceste, também morrerás, e não levarás nada daqui a não ser a tua consciência, as coisas boas e as ruins que fizeste a ti e ao próximo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: