Devaneios

Fraguementos  da minha “loucura” pessoal, escrita num estado de melancolia, envolta em tristezas, tristeza essa que vem despercebida se instala e que depois vai do mesmo jeito que veio,j sem um porquê e sem aviso prévio, simplesmente vem e vai quando e como quer…acredito que todos temos alguns momentos assim na vida, dor sem motivo aparente, só resta deixar doer, a final, toda dor um dia para de doer, tudo na vida é transitório…

Um nó na garganta, um coraçao apertado, olho em volta, só vejo sonhos despedaçados,

Para onde caminha a humanidade? Será que ainda há humanidade para caminhar?

Guerra e paz…, “Guerras que se dizem Santas”, ódio mascarado, diabo disfarçado! 

Sofrimentos e alegrias, ninguém sabe de ninguém, constroem-se muros ao invés de pontes, do lado de lá do muro, ninguém sabe, ninguém viu,…quem liga??

Tudo se mistura, num mundo de fantasias, onde o sonho consola e as lágrimas são de mentira.

Um elo que se quebrou, um sonho que acabou, agora só resta  a realidade, não é perfeita, mas é o que temos.

Lutar e viver para sonhar e morrer…

“Minha vida caminha para morte porém sem rumo”…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: